sexta-feira, 3 de abril de 2009

Ah! Leoa...


(Imagem da Net)


Ah! Leoa...quanta garra!
Quanta força, quanto mar...
Quanta ternura que, em reticências,
do sortilégio nos traz a memória
que ainda nos faz sonhar!...

Ah! Leoa...quanto "cazumbi"
ou feitiço como dizem por aqui...
Quanto mato, quanto chão
nesse teu odor de selva
que nos alimenta ainda a ilusão
da felina anhara
pela nossa vida fora...

Isabel Branco

A ti, Aileda,
minha irmã de África...
minha chará das letras...
minha amiga do coração!



12 comentários:

Maria Clarinda disse...

(...)Ah! Leoa...quanto "cazumbi"
ou feitiço como dizem por aqui...
Quanto mato, quanto chão
nesse teu odor de selva
que nos alimenta ainda a ilusão
da felina anhara
pela nossa vida fora...

E o Cazumbi ficou em nós...lindo este teu poema, vim aqui ter por iintermédio da minha amiga Paula Raposo.
Tamém sou a 4ª geração nascida em Angola....

manzas disse...

O sol rasga os panos do horizonte
Em pacífico brilho de sua magnitude…
Cadenciado ondular que em mar bronze,
Excelsa beleza no marulhar da virtude!

A rocha na ânsia do dia, bebe sedenta do mar,
Firmada num profundo e desigual chão azul …
Cristalizadas águas reflectem o planar,
Das majestosas e imperais… gaivotas do sul!

Gostava que comigo
Desse asas á sua imaginação,
No… “Portal da rocha… penedo do guincho!”

Um bom fim-de-semana,
Com muita inspiração
E na mente… um sorriso!

O eterno abraço…

-MANZAS-

meus instantes e momentos disse...

maneirissimo blog. Muito bom. Parabens.
Maurizio

Isabel Branco disse...

Maria Clarinda

Temos uma amiga comum, temos Angola por berço, temos a poesia, as palavras, as coisas belas da vida por paixão, temos meio caminho para um relacionamento excelente.

Bem vinda e um beijinho.

Isabel Branco disse...

Manzas

Excelente o teu poema do portal do Guincho.

Poema que me sabe a mar
daquele que trago na saudade.
Maré de azul a marulhar
que me afasta da ansiedade..

Um beijinho.

Isabel Branco disse...

Mauricio

Um raio do meu sol pela tua simpatia.

Um beijinho.

Paula Raposo disse...

Um poema lindo!! Beijos.

Isabel Branco disse...

Paula

Momentos de África para sempre...

Um beijinho.

meus instantes e momentos disse...

lindo post., é bom voltar aqui.
Tenha uma bela Páscoa....
Maurizio

Isabel Branco disse...

Guardo comigo,
no porão da alma,
no roçar da pele,
no sentir e no respirar
cada gesto
e cada palavra.

A ele me empresto...
Bebo do néctar
que se extrai,
do poema (esse amigo),
e da maravilhosa calma
de, em mim, o transpirar!

Mauricio,

Boa Páscoa para ti também.

Um beijinho

lili laranjo disse...

Isabel

Venho AGRADECER A TUA PRESENÇA NO MEU BLOG E DESEJAR UMA pÁSCOA MUITO FELIZ...

UM BEIJO

Isabel Branco disse...

Lili

Bem vinda ao Nova Pangeia de Letras, mulher leoa. Igualmente para ti, uma boa Páscoa.

Um beijinho.