quinta-feira, 9 de julho de 2009

Pode-se escrever





Pode-se escrever sem ortografia
Pode-se escrever sem sintaxe
Pode-se escrever sem português
Pode-se escrever numa língua sem saber essa língua
Pode-se escrever sem saber escrever
Pode-se pegar na caneta sem haver escrita
Pode-se pegar na escrita sem haver caneta
Pode-se pegar na caneta sem haver caneta
Pode-se escrever sem caneta
Pode-se sem caneta escrever caneta
Pode-se sem escrever escrever pluma
Pode-se escrever sem escrever
Pode-se escrever sem sabermos nada
Pode-se escrever nada sem sabermos
Pode-se escrever sabermos sem nada
Pode-se escrever nada
Pode-se escrever com nada
Pode-se escrever sem nada
Pode-se não escrever


Pedro Oom


10 comentários:

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Isabel,

Podemos escrevem sem nada disso, mas não podemos escrever sem emoção.

Adorei!

Beijo grande, menina linda.

Rebeca

-

Paula Raposo disse...

Uma excelente ascensão pelas palavras do Pedro Oom!! Escrever é cravar na alma o para sempre dos sentidos. E...só assim faz sentido. Beijinhos.

O Profeta disse...

Haverá?! Há sempre uma deusa perdida
Nos labirintos da contradição
Há sempre alguém que usa a palavra amor
Soprando doce veneno ao coração
Há sempre alguém que nos diz coisas tontas
Há sempre alguém que afugenta a Saudade
Há sempre alguém que nos marca a ferro frio
Há sempre uma alma ausente da verdade

Bom fim de semana


Doce beijo

manzas disse...

Passando para sorver e saborear
Cada letra, palavra, frase, poema ou poesia…
Para ler e ver, este jeito e modo de vida,
O do universo das palavras!
Pensamentos que aludo!
Porque ler, sentir e sonhar
Para muitos… pode dizer nada!
Para outros… o nada pode dizer tudo!

Um fim-de-semana
Cheio de momentos e palavras
De amor e alegria!

-MANZAS-

Argos disse...

Isabel,

Pode-se ( e deve-se) escrever com a alma!

Abraço

Isabel Branco disse...

Rebeca

Escrever pode ser um acto sem tinta e sem papel. Actualmente também sem computador ou sem escrita, simplesmente. Se escrevermos no vento, voa mais alto e mais longe o pensamento...

Um beijinho.

Isabel Branco disse...

Paula

O sentido das palavras só faz realmente sentido quando sentido...
E quantas vezes a uns nada diz e para outros tem todo o sentido.

Beijinhos.

Isabel Branco disse...

Profeta

Há sempre um tempo,
uma verdade difusa,
que se prende ao momento
deixando a alma confusa...

Há sempre um encanto,
um sonho a viver
que para nosso espanto
nos seguirá até morrer!

Um beijinho.

Isabel Branco disse...

Manzas

A alquimia dos sentidos
repassa as emoções...
Se de poesia vestidos
sobrepõem-se às intenções!

Um beijinho.

Isabel Branco disse...

Argos

Fundamentalmente! Sem alma, nada tem valor.

Um beijinho.